É seguro, É de vidro

Recursos para deixar o vidro ainda mais seguro estão
disponíveis no mercado, basta seguir todas as normas vigentes

Hoje não é mais possível dissociar a segurança das características do vidro. Desde sua invenção – com data controversa entre 5000 e 4000
a.C –, a composição do material sofreu pouca alteração. Mas a tecnologia embarcada no produto final é o que garante, cada vez mais, o controle da estrutura do vidro, impulsionada por novos processos de fabricação e beneficiamento.

No entanto, a segurança somente é garantida com a instalação e manutenção corretas e periódicas, baseadas na legislação vigente. Os vidros de segurança, como são conhecidos os laminados e temperados, por exemplo, são os mais cotados quando se pensa no bem-estar dos usuários. Por serem compostos por duas ou mais placas de vidro, unidas por uma ou mais camadas intermediárias de PVB (Polivinil Butiral) ou resina, os vidros laminados, quando quebrados, mantém os estilhaços presos. É o efeito “teia de aranha” – quando o impacto não é totalmente suficiente
para furar o vidro. Já o temperado passa por tratamento térmico ou químico para modificar suas características, como a resistência mecânica e dureza, além do fato de se quebrar em pedaços pequenos, que oferecem mais segurança no caso do box do banheiro, por exemplo. Por não quebrar em pedaços grandes, tem menos chance de causar ferimentos e estes, normalmente são menos importantes. No entanto, uma dose extra
de segurança é o que impõem as Normas Técnicas voltadas à instalação e manutenção do vidro, em suas diversas facetas. A ABNT NBR 14207/2009 é a norma que especifica os requisitos mínimos, em termos de segurança, para os materiais utilizados no projeto e na instalação de boxes de banheiro É seguro,É de vidroRecursos para deixar o vidro ainda mais seguro estão disponíveis no mercado, basta seguir todas as normas vigentes fabricados a partir de painéis de vidro de segurança para uso em apartamentos, casas e hotéis.

6

Segundo a Abravidro (Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos), a norma alerta para uma prática muito
importante: a manutenção e os cuidados com o box de banheiro. “O vidro temperado de segurança é um produto extremamente adequado,
principalmente para o box. O que acontece é a necessidade fundamental de uma instalação adequada e a manutenção periódica”, destaca Celina Araújo, superintendente da Abravidro. Para a Blindex, atender a norma é fundamental: a empresa treina as revendas autorizadas para fazer
uma perfeita instalação, bem como o projeto de acordo com as normas ABNT NBR 14207. Além disso, há um cuidado especial com a Manutenção
a revisão do produto a cada 12 meses, para garantir seu bom funcionamento. Mesmo com tantos cuidados, muitas podem ser as causas de um box
quebrado. Impactos violentos, esforços mecânicos excessivos, e até mesmo o contato direto do vidro com materiais rígidos, como metal, mármore, azulejo, granito, etc.

(Fonte: Revista Vitrô)